sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

... PREGANDO NO DESERTO ...

Jesus o Nazareno, da cidade de Nazaré, PREGAVA NO DESERTO com centenas e dezenas de seguidores...
Mas não e dessa pregação a que me refiro, mas sim da pregação que eu e muitos poucos outros fazemos sobre a cidade de Angra dos Reis...
Sabemos que é uma tática muito antiga usada pelos Mouros quando eram avisados dos ataques as suas cidadelas e vilas...
Não davam ouvidos, por isso, os que avisam a eles diziam que PREGAVAM NO DESERTO...
O mesmo se passa nessa cidade, o caos já se estabeleceu nela e é com muita tristeza que nós reconhecemos esse fato... que está destruindo por completo tudo e todos, sem que os avisos sejam sequer ouvidos e aceitos... 
Existe uma categoria de pessoas que diz que tudo está ótimo e que tudo vai muito bem na Terra do Nunca, mas tem outro grupo de pessoas que trabalham internamente nas autarquias da Prefeitura que diz que tudo está indo de mau  a pior e ainda citam exemplos incontestáveis, como esse...
Não tem papel higiênico - não tem esparadrapos - não tem desinfetante para a higiene dos locais - não tem - não tem - não tem...
Mas tem todos com os salários e o 13º sem receber até hoje, achamos que o dízimo está muito alto...
Mas continuamos a PREGAÇÃO NO DESERTO...