sábado, 12 de abril de 2014

... O COCHEIRO ROQUE ...

         Vivi na ilha de Paquetá de 1950 até 1960 onde eu tinha 6 anos até os 16 anos e foi nesse tempo que conheci o ROQUE,  cocheiro de uma das charretes da Ilha de Paquetá e que conduzia os animais com uma das mãos...
ROQUE perdeu o braço esquerdo quando estava no flutuante de atracação do cais e distraído não viu que  barca se aproximava para atracar e esmagou o seu braço...
Ainda muito novo aprendeu então a arte de dirigir uma charrete, mas o diferencial dele para os outros era que ele não usava o chicote, ele falava com os irmãos maiores chamando pelo nome e pedindo que eles andassem mais depressa, no que era atendido prontamente...
 A sua parelha era composta de 2 animais geralmente um macho e uma fêmea, mas tinha de reserva outros 2 que enquanto uns atuavam outros descansavam...
Ficavam estacionados ao redor da igreja de SÃO ROQUE que é o padroeiro de Paquetá e por isso a grande maioria dos homens que nascem na ilha se chamam ROQUE como homenagem ao santo...
Quando as pessoas embarcavam na charrete para dar o passeio pela ilha ele também fazia o papel de guia turístico e durante o passeio ele chamava e conversava com os animais para surpresa dos turistas...
Falava ele para a fêmea, "Mimosa meu amor ande mais depressa e você Trovão ajuda ela a andar mais depressa"...
Amor cabe em qualquer lugar...


sexta-feira, 11 de abril de 2014

... O CAIXOTE DE MAÇÃS ...

          O tempo é o senhor da razão e como tal se dar tempo a ele é uma possibilidade que devemos analisar com muito vagar e isenção...
Nao sou um espectador privilegiado até então, mas vemos que os movimentos da embarcação estão m tanto ao quanto meio desordenado e fora de controle...
Aí estão as duas palavras mágicas "FORA DE CONTROLE" que passamos a ouvir e a sentir no dia a dia da mídia em todas as suas formas...
Estamos sentindo que os movimentos populares em todo território nacional está aumentando progressivamente e de uma forma geométrica, e se começarmos a enumerar os Estados da federação que já aderiram a esse descontrole, veremos que está faltando muito pouco para que todos se engajem nessa mudança que não esperávamos para tão cedo...
Portanto, o pico da montanha ainda não foi atingido mas será brevemente e então veremos o quanto está podre o caixote de maçãs...

terça-feira, 8 de abril de 2014

... EU e meu IRMÃO MENOR BYLLY, uma VIAGEM ...

      EU e meu IRMÃO MENOR BYLLY fizemos várias VIAGENS de caridade com reações nunca vistas por pessoas que são céticas...
Como médium tive um encontro com um irmão menor da raça Beagle que cruzou o meu caminho durante alguns trabalhos Espirituais...
 Ele quando eu chegava na casa dele para trabalhar vestido de bermuda e uma camisa, ele nem me dava a menor atenção, mas quando eu começava a mudar de roupa e a vestir a camisa branca e a calça branca ele levantava e vinha em minha direção e ficava me olhando fixamente como que aguardando eu incorporar a entidade e eu perguntava a ele, vamos trabalhar e ele colocava as duas mãos dianteiras na minha cintura e arfava como que respondendo a minha pergunta...
Uma vez eu incorporado ele se acercava da pessoa a ser tratada e deitava aos pés do amigo a ser tratado, mas como o BYLLY sabia quem ia ser tratado já que na sala havia mais de seis pessoas...
 Certa vez eu disse a ele que iria fazer um procedimento com ele e que iria mexer na barriga dele, na verdade ele tinha uma hérnia do tamanho de um ovo perto do saco escrotal, procedi da mesma maneira de sempre, coloquei a roupa branca e ele não se mexeu de onde estava, incorporei e ele não se mexeu, a entidade fez o procedimento com ele deitado imóvel e adormecido...
O ato durou no tempo da Terra cerca de 20 minutos e ele virado de barriga para cima ficou imóvel de olhos fechados durante todo o tempo...
Quando acabou o procedimento, ele lentamente se virou, ficou deitado algum tempo, lambeu o local e levantou-se e começou também a lamber a minha mão como que agradecendo o que foi feito...
 A propósito, a hérnia sumiu e ele desencarnou a algum tempo, surdo e cego sem uma das mãos dianteiras, e como os médiuns humanos ele não fugiu a regra...
Fizemos muitas outras parcerias e rendo aqui a minha homenagem a esse grande Espírito em fase de evolução...
E quem sabe amigo de repente não nos cruzamos em alguma estrela para continuarmos a caminhar na ordem maior que é a caridade aos nossos irmãos maiores... 


 




domingo, 6 de abril de 2014

... ? CONDOMÍNIO ? ESPIRITUAL ? ...

          Como um espectador e morador não muito antigo desse condomínio, vou me inserir na história que vou escrever como um Espírita...
É muito importante que se saiba que esse aglomerado de casas foi construído num terreno onde era originalmente um mangue seco, e com certeza existem histórias, como a da mulher morena e moça que desde a construção das casas passeia todo fim de tarde por ele indo de um lado para outro como que procurando alguém...
Mas aqui existem as histórias com os moradores, onde em cada casa tem o seu drama e seus ajustes...
 O grande barato disso é que as pessoas combinaram se encontrar nele em algum tempo de vidas passadas onde havia ainda pendente esses débitos, pessoas que certamente não se gostam Espiritualmente, e uns são proprietários e outros moradores de aluguel, em suma, inimigos e amigos se tornam vizinhos, e onde até a figura do zelador e jardineiro também faz parte dessa teia de personagens...
No condomínio, existem regras físicas, e as regras Espirituais, que ninguém vê mas sente sem saber muito mais uma do que outra, e é isso que move essa vivência coletiva...
Como observador, vejo como as pessoas se movem nas relações pessoais, uma retração sem sentido negando até um bom dia ou uma boa tarde, e uma tentativa de alguns mostrar que um é melhor que o outro, e tratando um ao outro como além de estranho, as vezes como inimigos, aliás que na verdade são e não sabem por isso, hoje moram na mesma aldeia em forma de vila , um mais junto do outro, mas tem os que se afinam na simpatia e na ajuda quando um precisa de uma xícara de açúcar e o outro precisa de uma palavra mais experiente...
Fato é que se nós nos reencontramos aqui é uma boa chance de se refazer aquilo que precisa ser refeito... APROVEITEMOS...

... HOMOFOBIA - PEDOFILIA - HOMOSSESEXUALISMO ...

          Nos informam as nossas amigas do astral superior que essas anomalias acontecem com os dois sexos...
A ênfase é dada porque só se olha por um lado o masculino quando não é verdade a mulher também tem esses desvios de conduta sexual...
A HOMOFOBIA nada mais é do que a raiva  e o ódio das pessoas HOMOSSEXUAIS
via de regra ambos são produtos de PEDOFILIA que são pessoas molestadas sexualmente quando crianças por adultos de ambos os sexos...
A HOMOSSEXUALIDADE são as pessoas que tem corpo de homem com desejos femininos ou pessoas que tem o corpo feminino com desejos masculinos...
Existem entre essas três diferenciações grandes desacertos nas concordâncias sexuais, chegando ao ponto de não se darem amistosamente bem...
A anormalidade entre os homens é mais agressiva no contato e na abordagem ao passo que entre as mulheres é ao contrário ou seja a abordagem é muito mais sutil e paciente...
Portanto ninguém está livre de ter entre os seus familiares alguém com uma dessas características anormais mas humanas...