sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

... S O L I D A R I E D A D E ...

Recebo um email de uma pessoa que não conheço pessoalmente e ela me pede que eu transcreva a sua história pessoal, para que sirva de exemplo para outras pessoas, e vou abrir aspas para a sua narrativa, e se houver outros casos parecidos não será mera coincidência...
"Diz a pessoa - moro num País de primeiro mundo mas nem por isso tem pessoas pequenas e egoístas. Saber lidar com vizinhos é uma arte muito difícil de praticar, porque todos se acham os donos da razão e que na verdade não está com ninguém.  Continua a pessoa - dia desses me vi numa situação suigeneris onde toda a minha compreensão e subserviência em favor do bem estar de uma pessoa avizinhada foi colocada a prova e onde se incluia várias concordâncias minhas em várias situações que muito favorecia ao avizinhado sito uma como exemplo, a divisão de um bem de consumo que ele não se ofereceu para dividir. Decepção e falta de SOLIDARIEDADE, mas para preservar o bom relacionamento inter pessoal cedi em várias outras situações. Como disse me vi precisado desse auxílio em forma de socorro urgente com relação a essa emergência inadiável e num encontro furtivo com o avizinhado me referi ao problema, dando ênfase a minha grande necessidade de tal ajuda e a sua passividade e fazendo cara de desentendido nem deu importância ao meu apelo"... 

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

... VACINAÇÃO ANTI RABICA ...

A VACINAÇÃO ANTI RABICA no Camurim Grande é feita de uma maneira inusitada com duas pessoas sentadas num banco da praça com uma pequena bolsa..
Não tem a menor indicação de que se tratam e agentes que aplicam a vacina ANTI RABICA...
Cabe a falida Secretaria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Angra dos Reis, comunicar aos moradores do bairro que existe tal serviço em tal lugar, porque adivinhar ainda é proibido, e se não for os vizinhos a dizer não ficaríamos sabendo, acaba que não foi dada a vacina na Irmã Menor que que vive na rua e que agora cudo de uma maneira precária atentendendo-a com água - comida - e uma injeção para não pegar barriga, que seriam mais a serem cuidados além dela...
Aqui agora uma pequena observação, é fato que a velocidade com que progridem as necessidades de cuidados com os moradores de rua é impossível se conseguir uma vitória na ajuda dos necessitados...

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

... NÓIS ... V O Z E S ... ELES ...

Olho para o céu e parece que sinto sensações que mexem com o meu equilíbrio Espiritual...
Ouço vozes conexas e desconexas masculinas e femininas mas nunca infantis, vozes fortes e fracas, vozes alegres e tristes, vozes que falam baixo e que as vezes gritam...
As minhas Amigas Espirituais me dizem que na Medicina Terrena o diagnóstico dado pelo Médico é Esquizofrenia...
Lembro a elas que muitas pessoas hoje podem ser classificadas como tal, mas o céu como sempre mostra o outro lado dessas questões que não esperamos, esse lado de cima nos faz contactar com energias as mais variadas, umas constantes outras inconstantes...
Por isso precisamos prestar atenção se no meio dessas vozes não tem alguma conhecida nossa...

... A PASSO DE CÁGADO ...

Fico observando e passo a me perguntar como pode um lugar conseguir evoluir onde as pessoas na sua grande maioria não tem o menor compromisso com a palavra dada a outras pessoas...
Os compromissos são assumidos na palavra e depois cai no esquecimento, como pode isso, não consigo me acostumar com esse tipo de coisa incômoda e causa uma espécie muito grande...
Esse lugar está parado no tempo e no espaço e anda a PASSOS DE CÁGADO, quando anda...
Ao longo de sete anos guardo uma lista de pessoas que só comigo já furaram muitas incontáveis vezes ...

domingo, 30 de novembro de 2014

.............................. F D P ..........................

Não resta a menor dúvida que é muito difícil cuidar dos nossos IRMÃS e IRMÃOS MENORES...
Mas a pior coisa é quando encontramos um peludo recém abandonado pela rua, ele ou ela se transformam num misto de medo e aflição...
Rabo caído e boca aberta arfando com os olhos completamente perdidos e ao mesmo tempo tentando achar o covarde e miserável pessoa que o abandonou...
Tento chegar nele ou nela, mas qual o que fica temeroso e arredio, não aceitando água e comida e continuando na sua desesperada e incessante procura da pessoa escrota e doente do Espírito...
Insistimos na abordagem e ele continua arredio e anda sem rumo na continuada busca do canalha e covarde que o abandonou...
Não que o abandonado deseje o mal de quem o abandonou, mas as Leis Universais são implacáveis na punição do covarde e F D P ...
Chegando a punições que vão desde o mal aos idosos da família e fazendo com que as crianças paguem o preço da atitude do inconsequente e covarde sem mãe...